Unimonte

Você é

CETAS, da Unimonte, promove a soltura de quatro animais no Parque Estadual da Serra do Mar, em Praia Grande

10/01/2011

Foram reinseridos na natureza, no dia 10 de janeiro, um ratão do banhado, dois gaviões carijós e um gavião-pombo, este último criticamente ameaçado de extinção



Quatro animais mantidos nos últimos meses em processo de reabilitação no Centro de Triagem de Animais Selvagens (CETAS) da Unimonte, em São Vicente, voltaram a se reencontrar com a natureza em 10 de janeiro.

Um ratão do banhado, dois gaviões carijós e um gavião-pombo de pequeno porte, este último criticamente ameaçado de extinção, foram novamente inseridos em seu habitat natural. A soltura ocorreu no Parque Estadual da Serra do Mar, em Praia Grande, e foi organizada por profissionais do CETAS da Unimonte e integrantes do Grupamento Ambiental da Prefeitura Municipal de Praia Grande.

O gavião-pombo estava há cerca de seis meses no Centro de Triagem. Foi encontrado bastante debilitado em Praia Grande, perdido. Passou por um processo de reabilitação de vôo para ganhar novamente performance atlética, algo imprescindível para os gaviões. “Atualmente ele se encontra no pico de seu desempenho e, por isso, é o momento ideal para a soltura”, explicou a médica veterinária Cláudia Carvalho, coordenadora do CETAS da Unimonte.

O mesmo processo de recuperação de vôo foi realizado com os dois gaviões carijós, que também foram achados em Praia Grande há cerca de um mês e meio. Acredita-se que se perderam da mãe ao tentarem sair do ninho para caçar.

Já o ratão do banhado foi encontrado no início de 2011 dentro de um quintal de uma casa em Praia Grande, sem ferimentos. Ficou em observação no CETAS e, por estar em condições normais de saúde, também foi devolvido ao seu habitat natural. 

Veja a matéria noticiada no Jornal da Tribuna 2º Edição em 10/01


O que é o CETAS - O Centro de Triagem de Animais Selvagens (Cetas) Lello-Unimonte está localizado na Unidade Jockey Clube da Unimonte, em São Vicente. Inaugurado em 18 de junho de 2008, possui uma estrutura de 586 m2 para promover a reabilitação de animais da fauna da Mata Atlântica encaminhados pelo Ibama, Bombeiros, Polícia Ambiental e Polícia Federal.

Tendo como principal objetivo colaborar com a proteção e conservação da biodiversidade brasileira, o novo espaço é o primeiro do gênero criado dentro de uma universidade no Estado. O centro reúne ambientes como ambulatório, biotério, sala de apoio, viveiros com tanques, viveiros com sistema de cambiamento (manejo), viveiros com divisórias, salas de quarentena, cozinha e despensa, para armazenamento de rações e suplementos.

Estudantes da Unimonte, dos cursos de Ciências Biológicas e Medicina Veterinária, também atuam no local, em atividades práticas que colaboram para a formação destes universitários. O fica na Rua Galeão Coutinho, 518, no Jockey Clube, em São Vicente.




Think4

©UNIMONTE | Rua Comendador Martins, 52, Bairro Vila Mathias | CEP: 11015-530 Santos/SP | Telefone: (13) 3228-2100