10 dicas indispensáveis para estudar para o vestibular 10 dicas indispensáveis para estudar para o vestibular

10 dicas indispensáveis para estudar para o vestibular

Se existe uma fase da vida que levanta os cabelos de qualquer um é o vestibular. Seja para quem está no ensino médio, no cursinho ou quem vai estudar por conta própria, essa prova tem o poder de assustar até o mais dedicado dos alunos.

Independentemente da universidade ou do curso escolhido, qualquer dica de estudo já ajuda. Então, acompanhe alguns truques que separamos para otimizar suas incansáveis horas de dedicação e persista. Os benefícios de ter um diploma universitário compensam no futuro.

1. Planeje seus estudos e crie uma rotina

Disciplina é uma das características que diferencia os candidatos que passam no vestibular dos que não passam. Sendo assim, é indispensável que você programe seus estudos e organize seu dia a dia para ter tempo suficiente.

Comece definindo quantas horas quer estudar por dia e se proponha a se dedicar a isso pelo menos de segunda a sábado. Siga o lema de que aula dada tem que ser aula estudada. A partir daí, basta se policiar e cumprir o que combinou consigo mesmo.

Se você já tem um emprego ou estágio, vai ter que aprender a conciliar estudo e trabalho. Se tem atividades extracurriculares ou de lazer, vai acabar tendo que abrir mão de uma ou outra enquanto estuda para o vestibular. Mas, calma! Esse sacrifício é por uma boa causa e, quando você estiver na faculdade, vai ter tempo para diversão.

2. Use sua saúde para estudar para o vestibular

Quem está doente mal consegue assistir uma aula, quanto mais estudar para o vestibular. Portanto, se você quer passar por essa etapa tão difícil, precisa estar com o corpo e a mente bem cuidados. Exercite-se, coma bem e durma pelo menos oito horas todas as noites.

Se você ainda não tem hábitos saudáveis, comece a inserir caminhadas na sua rotina e evite comidas muito gordurosas. Outra dica é beber bastante água e evitar o consumo excessivo de café. Dormir bem é fundamental. Afinal, você não quer cair de sono em cima da prova, né?

3. Aprenda a ter foco e concentração

Nos dias de hoje, é difícil se concentrar nos estudos com a quantidade de opções de lazer que existem. Mas estudar significa ter foco, então, uma boa dica para quem se distrai facilmente é desligar-se das redes sociais, pelo menos por 25 minutos.

Na hora de estudar, desligue o telefone ou coloque-o no silencioso e nada de TV ou computador. A cada 25 minutos, dê uma pausa de 5 minutos, na qual você pode ir ao banheiro, beber água ou olhar o bendito celular. Mas tem que ser 5 minutos cronometrados no relógio! Depois, de volta ao foco.

Dessa forma, você se permite distrações que te ajudam a se concentrar por um período de tempo mais longo em seguida. Se em casa as distrações são mais fortes que a sua determinação, opte por uma biblioteca ou por uma sala de estudos. Lugar não é desculpa, afinal, é possível estudar até no ônibus.

4. Use todas as ferramentas disponíveis

Além dos livros didáticos e apostilas, existem diversos recursos online que podem te ajudar, como simulados, vídeoaulas e aplicativos de matemática.

Uma técnica clássica, mas que também funciona, é usar post-its como ajuda para memorização. A dica é anotar neles os conteúdos que você tem mais dificuldade e depois colá-los em locais em que as anotações comecem a integrar seu dia a dia, como no criado mudo, no batente da porta de casa, no painel do carro ou na parede em frente ao vaso sanitário. Quanto mais no seu caminho diário, melhor!

5. Coloque suas ideias sempre no papel

Além de ler, escrever é parte essencial da rotina de quem estuda. Crie o hábito de montar fichas, resumos e anotações. Colocando as ideias no papel, a mente tem mais facilidade para memorizar as informações.

Mas cuidado! Estudar não é copiar o livro ou a apresentação do professor. Anote apenas os pontos principais, com suas próprias palavras. Finja que terá que ensinar o conteúdo depois para alguém. Isso ajuda na capacidade de síntese.

6. Se precisar, não tenha medo de pedir ajuda

Um erro comum entre os vestibulandos é estudar apenas as matérias que têm mais facilidade ou então ignorá-las para focar apenas nos conteúdos mais difíceis. O ideal é que você divida o seu tempo entre todas as disciplinas.

Nas matérias que tiver maior dificuldade, procure a monitoria de um professor ou a ajuda de colegas que entendam mais o conteúdo. Não tenha vergonha de pedir ajuda, afinal, é o seu futuro que está em jogo.

7. Escreva como um profissional

Se a sua dificuldade em provas for a redação, não se assuste. Aprenda a fazer uma checklist de tudo que o texto deve conter e seguir esse roteiro, lembrando de obedecer as regras gramaticais.

Para treinar, tente fazer uma redação por semana. Se um professor não puder revisá-las pra você, peça ajuda a um amigo ou a um familiar. Dessa forma, você pratica e vai cada vez escrevendo melhor.

8. Revise e faça simulados

À medida que o grande dia vai se aproximando, intensifique a rotina de estudos e tente revisar tudo que já viu. Nessa hora, as anotações que você fez lá no passo #5 (resumidas e com as suas próprias palavras) viram sua leitura diária.

Para testar se está com o conhecimento todo treinado, resolva questões de provas antigas do vestibular que pretende fazer. Faça pelo menos um simulado antes da prova (quanto mais fizer, melhor). Dessa forma, você já vai pegando o jeito e no dia ficará menos nervoso.

9. Esteja por dentro das novidades

Reserve uma parte do seu dia para ficar bem informado. Leia notícias na internet, assista aos telejornais ou ouça estações de notícias no rádio. O importante é estar por dentro do que acontece no Brasil e no mundo.

Afinal, parte do vestibular é a prova de atualidades, que cobra basicamente o seu conhecimento sobre fatos e notícias. Em geral, esses assuntos também são os temas das redações.

10. Não esqueça de descansar e de se divertir

Dedicar todo o seu tempo aos estudos pode parecer uma boa estratégia para gabaritar o vestibular, mas a probabilidade de você aproveitá-lo com 100% de foco é mínima. A mente humana precisa de descanso para funcionar bem (lembra da regra dos 25/5 minutos que explicamos no passo 3?).

Sair com os amigos, assistir filmes e ouvir músicas são atividades tão importantes quanto os estudos na rotina de um vestibulando. Separe um tempo para fazer as coisas que gosta. O lazer ajuda a manter a mente calma, sem o estresse e a pressão tão comuns para quem está nessa fase da vida.

Estudar para o vestibular de fato é uma tarefa árdua, que exige esforço e dedicação. Mas, se você tiver disciplina e autoconfiança, metade do caminho já terá sido andado. É fundamental não deixar os estudos para em cima da hora, se programar e seguir as dicas que listamos acima.

Se você também está nessa vida de vestibulando, compartilha com a gente outras dicas que usa na sua rotina de estudos. O espaço para comentários é todo seu!