10 dicas para fazer uma boa prova de vestibular

Se existe uma palavra que acompanha o estudante antes de entrar na faculdade, é “vestibular”. A prova gera ansiedade e exige uma rotina intensa nos estudos. Apesar de o dia da prova ser apenas um, ele exige um planejamento de meses e muita dedicação para que tudo saia conforme o planejado.

Para que você faça uma boa prova no dia D e consiga a tão sonhada aprovação, preparamos 10 dicas que vão fazer a sua prova de vestibular bem mais tranquila!

Confira:

1. Foque sempre no seu futuro profissional

Um dos maiores empecilhos dos estudantes para se dedicarem aos livros é a falta de motivação. Muitas vezes durante o ensino médio, não sabemos que carreira desejamos seguir. Isso pode ser frustrante e tirar nossa vontade de estudar para o vestibular.

Descubra o que faz você se sentir motivado, procure carreiras e conheça as profissões. Jamais decida por um caminho pensando apenas no aspecto financeiro. Dinheiro é um fator importante, mas além dele, você deve pensar em sua própria satisfação.

Nós já demos 7 dicas importantes para escolher uma carreira profissional aqui no blog. Você pode dar uma lida nelas se ainda estiver em dúvida e se sentindo desmotivado.

Sabendo o que você deseja fazer, fica muito mais fácil estudar para a prova de vestibular com foco e disciplina. Começa aí uma preparação de sucesso!

2. Estude no horário em que você rende mais

Já ouviu falar naquelas pessoas que trocam o dia pela noite? Existem pessoas com hábitos noturnos, outras com hábitos diurnos. Depende de cada um. Você pode render muito mais estudando pela manhã do que estudando durante a noite.

É importante entender os sinais que o seu corpo passa. Faça um teste em cada horário do dia e veja quando você se sente melhor e otimiza os seus estudos. Além da sua preferência, é importante considerar também o horário que você tem disponível. Se a sua única opção é estudar à noite, terá que se adaptar a essa condição.

Vantagens de estudar à noite

Nesse período, os ambientes geralmente estão mais silenciosos e vazios, tanto as bibliotecas quanto a sua própria casa, pois as pessoas estão mais recolhidas. Como consequência, existem menos distrações e estímulos durante a noite.

Algumas pessoas também são extremamente criativas no período da noite, mas essa é uma questão pessoal.

Vantagens de estudar de dia

Por mais que muitas pessoas ignorem esse detalhe, a luz natural é muito importante para a qualidade do estudo. A falta de luminosidade adequada pode provocar problemas na visão e até dores de cabeça.

Além disso, depois de uma noite inteira de sono, o corpo fica bem-disposto para o estudo durante o dia e você pode aproveitar essa energia. Você também terá mais opções de apoio se começar os estudos cedo, tanto de colegas como de professores. Você pode tirar dúvidas e trocar ideias sobre o conteúdo.

3. Durma bem

Todo mundo já ouviu o caso daquele colega ou parente que estudava 20 horas por dia para passar em uma prova difícil. Pois então aqui nós vamos revelar o segredo sobre isso: pode não ajudar em nada.

A ciência já consolidou o entendimento de que dormir é essencial para o armazenamento de novas memórias e alto desempenho intelectual. Não dormir faz mal para o seu corpo, faz mal para a sua saúde e faz mal para os seus estudos. Você não estará perdendo tempo de aprendizado por estar dormindo, mas sim armazenando o que já foi estudado e preparando sua mente para receber novas informações.

A prática de exercícios físicos é uma importante aliada para manter a qualidade do sono e, consequentemente, os rendimentos nos estudos. Além de todos os benefícios que as atividades físicas proporcionam à saúde geral, exercitar-se pode funcionar também como uma válvula de escape nessa fase de apreensão que é a prova do vestibular.

Escolha um exercício da sua preferência, individual ou em grupo, e pratique pelo menos 3 vezes por semana. Você pode optar por natação, musculação, caminhadas, spinning ou alguma modalidade de dança. O importante é não ficar parado e produzir endorfinas, um neuro-hormônio capaz de trazer ao organismo uma sensação de bem-estar e relaxamento, que vai ser fundamental para um sono tranquilo.

Com uma boa rotina, dá para estudar tudo e dormir as 8 horas necessárias todos os dias.

4. Defina uma rotina de estudos

Para estudar e dormir bem, é preciso ser disciplinado. Estabeleça uma rotina bem definida para os seus estudos, dividindo matérias e assuntos por dias e horários. Crie metas de conteúdo para você (de maneira razoável, é claro) e se mantenha fiel ao que você se propôs a fazer.

Essa rotina deve levar em conta atividades como a resolução de exercícios e a leitura de material, porque isso será fundamental na hora de realizar uma boa prova dentro do horário previsto pelo vestibular. No dia do exame, não pode haver atrasos e nem perda de tempo; portanto, aquele que já era disciplinado desde antes terá uma grande vantagem sobre os outros.

Para ter uma rotina organizada e sistemática, é fundamental ter um cronograma de estudos. É preciso mensurar tudo o que você tem estudado de acordo com as matérias mais importantes para o curso que você pretende ingressar no vestibular. Se você vai prestar vestibular para Comunicação Social, naturalmente as questões de Língua Portuguesa terão um peso maior que as de Ciências Biológicas.

Controle as horas de estudo em cada disciplina por meio de uma planilha ou de outro dispositivo que você considere importante. Assim você sabe exatamente quanto tempo está se dedicando a cada conteúdo e consegue perceber quais disciplinas merecem mais tempo de estudo. Alternar as matérias estudadas também contribui para o rendimento das horas de estudos e evita que você canse de determinado tema.

5. Faça sempre provas antigas

Cada vestibular tem seu próprio estilo e conhecê-lo é fundamental para ir bem e orientar os estudos. Para isso, use a internet a seu favor e baixe as provas antigas do vestibular que você deseja prestar.

Com elas em mãos, faça as questões e entenda o formato adotado. Simule o tempo de prova e responda os exercícios, vendo como você se sai. Não se desespere se não for bem nas primeiras vezes ou se não conseguir terminar a tempo, pois é exatamente por isso que você está estudando!

Muitos vestibulares também estão aderindo ao estilo de questões do Enem, por isso é importante estar atento aos conteúdos e à forma como eles são cobrados no exame. Refaça questões e tente criar as suas próprias. Essa é uma forma de estudar o conteúdo de forma aprofundada.

Tente responder as perguntas com o mesmo prazo que você terá no dia do vestibular, como se fosse um simulado. Cronometre seu tempo nas questões fechadas e na redação e faça ajustes necessários no seu tempo de resolução de prova. Passar no vestibular pode ser comparado a uma maratona. Exige conhecimento, mas também muita estratégia e perspicácia para fazer o que é certo no tempo adequado.

6. Divida seus estudos em pequenas aulas

Depois de algum tempo estudando, sentimos que já não estamos absorvendo mais as informações da mesma maneira que fazíamos no começo. Existe um motivo para isso. Nosso cérebro não consegue ficar retendo matéria por horas seguidas, sem descansar. As aulas das escolas duram geralmente 45 minutos por essa razão.

Faça a mesma coisa: divida seu período de estudo em aulas de até 50 minutos e faça uma pausa de 15 minutos entre cada sessão. Nesse intervalo, aproveite para beber uma água, usar o banheiro e o mais importante: alongar-se! Respire fundo, estique as pernas, os braços, o pescoço, as mãos e a coluna — muito tempo sentado pode fazer mal para você e se alongar relaxa e ajuda a render mais.

7. Alimente-se de maneira saudável

Assim como dormir é importante, alimentar-se bem é fundamental para seu corpo funcionar direito. É comum que os estudantes exagerem no café para se manterem acordados e atentos, achando que isso ajudará no resultado final.

Mantenha uma alimentação regrada, sem excessos. É claro que não precisa abandonar o chocolate de vez, porque um até cai bem para relaxar. Mas evite gorduras, coisas pesadas, industrializadas. Coma bem, regularmente, e não exagere no café — 3 xícaras no dia já são mais que o suficiente e ainda fazem bem para o seu organismo.

Todo seu corpo vai reagir bem a essa rotina, fazendo com que seus estudos rendam mais, te ajudando a fazer uma boa prova.

Alguns grupos de alimentos contribuem para o aprendizado e memorização de conteúdos. Confira alguns elementos que favorecem os estudos:

Ômega 3

Esse componente pode ser encontrado em peixes como a sardinha, arenque e a cavalinha e em alguns tipos de sementes. Ele favorece a comunicação entre os neurônios e melhora a concentração, a memória e o aprendizado em geral.

Vitaminas do complexo B

Podem ser encontradas em proteínas animais como carne vermelha, aves e ovos, em algumas leguminosas, lentilhas, grão-de-bico e em sementes como castanhas, amêndoas e nozes. Elas aumentam os níveis de energia, melhoram a memória e auxiliam na comunicação dos neurônios e no desenvolvimento deles.

8. Leia muito

Essa dica parece muito simples, mas ela é, sem dúvida, a mais importante da nossa lista. Ler é uma atividade completa. Melhora a sua interpretação de texto, sua compreensão do mundo, sua análise crítica e ainda torna suas redações muito mais elaboradas!

Não é só na redação e na prova de literatura que se avalia se o aluno é um bom leitor: as questões de conhecimentos gerais também conseguem separar os leitores dos não leitores. A Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil realizada pela Editora Sextante, em 2016, revela que a falta de tempo é o principal motivo para não ler, apontado tanto por não leitores (32%) quanto por leitores (43%) não estudantes (50%) que gostariam de ter lido mais. Entre os não leitores, a falta de gosto pela leitura é mencionada por 28%.

O estudante que pretende cursar uma universidade precisa ser um ávido leitor e estar disposto a contribuir para a melhora dos hábitos de leitura dos brasileiros. Esteja aberto a qualquer gênero de leitura e busque entender novos realidades por meio dos livros.

Existem obras literárias obrigatórias para o vestibular, mas não fique só nelas. Leia de tudo: jornais, revistas, até mesmo histórias em quadrinho. Você pode até transformar esse hábito em um prazer e isso será um benefício enorme em toda a sua vida, muito além da prova de vestibular.

9. Não faça da sua vida o vestibular

Pode parecer contraditório, mas não é. Sabemos a extrema importância do vestibular, por isso, preparamos essas dicas. No entanto, ele não é tudo o que existe. Pensar dessa forma é bom para manter a cabeça em ordem.

Se você abdicar totalmente da sua vida social para estudar, talvez se frustre no futuro e acabe não rendendo o que pode. Concilie sempre suas motivações com sua diversão. Sentir-se bem não é crime, e você deve fazer isso sempre!

Reserve um dia da semana para relaxar, sair com os amigos, conversar, assistir a um filme ou qualquer outra atividade que te faça bem. É o dia de desligar dos estudos e deixar a mente espairecer. Quando você voltar a estudar, estará de ânimo novo.

Outra coisa importante é não projetar toda a sua felicidade no vestibular. As provas acontecem todo o ano e o que importa é você se dedicar de forma saudável. Lembre-se de que existem outras esferas da vida, como família, lazer, e relacionamentos, que também exigem a sua participação. O vestibular é uma parte das atividades da sua vida, mas não deve ser a única, nem a mais importante

10. Antes da prova: conheça o lugar do vestibular e sem pânico!

Para terminar, uma dica bastante prática. Quando souber onde será realizada sua prova de vestibular, tome um dia para visitá-lo com antecedência. Ninguém quer ser um dos atrasados que aparecem na TV, não é mesmo?

Conheça os caminhos, as ruas, as formas de acesso e verifique quanto tempo precisa para estar lá. Evite essa preocupação no dia da prova.

Além disso, não se desespere nos dias anteriores ao vestibular. Não adianta nada estudar um dia antes. Guarde a semana anterior para você, afinal, o que deveria ser feito já foi feito.

Depois disso tudo, é hora de fazer uma boa prova e aguardar pelo seu nome na lista dos aprovados!

Achou nossas dicas úteis? Então compartilhe nas suas redes sociais para ajudar seus amigos que também estão passando por isso!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *