7 dicas para ser efetivado no estágio

O estágio é, sem dúvidas, a melhor forma do estudante iniciar a sua carreira profissional. Anualmente, milhares de vagas de são abertas por empresas dos mais variados ramos, em busca de profissionais que querem adquirir experiência no mercado de trabalho. Além disso, essa é uma é uma excelente forma de terminar a faculdade com um emprego garantido, evitando aquele que é o terror de muitos universitários: concluir o curso desempregado.

Entretanto, para ser bem-sucedido no seu estágio e ser efetivado, não basta apenas ser bom, é preciso surpreender a empresa tomando atitudes que vão além do que é exigido. Nós já escrevemos sobre como conseguir seu primeiro estágio, agora, vamos trazer algumas dicas para garantir a efetivação e dar um grande passo para uma carreira profissional de sucesso.

1. Escolha bem a vaga de estágio

Se você entra para um estágio com o objetivo de ser efetivado, supõe-se que você deseja trabalhar com isto ao menos pelos próximos anos da sua vida, portanto, é fundamental escolher bem qual vaga que deseja ocupar. Procure uma vaga que se encaixe no seu perfil e que seja de uma área de atuação do seu interesse.

Muitos estudantes, no desespero por conseguir logo um emprego, se candidatam para a primeira vaga que surge e aceitam a primeira oportunidade para qual são selecionados, e isto é um erro. Não se precipite, pois entrar numa vaga que não se encaixa no seu perfil pode acabar com a sua motivação para ser efetivado e custar um tempo que poderia ser investido em um trabalho que realmente seja a sua cara.

2. Conheça a empresa

Mais do que informações básicas, como número de funcionários e mercados de atuação, procure conhecer a empresa onde você trabalha mais profundamente. Qual é a cultura organizacional dela? É uma empresa rígida ou flexível no dia a dia? O ambiente de trabalho é mais descontraído ou formal? Conheça também a história da organização, qual é a sua missão e onde ela quer chegar.

Tudo isto dará mais confiança no desempenho diário do seu trabalho e causará uma boa impressão ao seu chefe. Muitos estagiários acreditam que pesquisar sobre a empresa é importante apenas no processo seletivo, para surpreender o recrutador, mas, na verdade, é uma vantagem competitiva que você carregará durante todo o tempo em que estiver trabalhando nela.

3. Vista-se adequadamente

Muitas empresas possuem um código de vestimentas (ou dress code, em inglês) que determina a forma como os funcionários devem se vestir para o trabalho, o que facilita muito a vida dos novatos. No caso das empresas que não possuem esta prática, cabe a você avaliar a forma mais adequada para o ambiente da organização (e isso reforça a necessidade de conhecer a empresa onde trabalha).

Não tenha vergonha de se vestir mais formalmente, pois todos aqueles que você vê habitualmente com roupas sociais um dia precisaram vesti-las pela primeira vez. Observe os demais funcionários da organização e não tenha vergonha de perguntar para o recrutador ou para seu chefe qual é o tipo de vestimenta mais adequado. Preocupe-se em causar uma boa impressão!

4. Seja proativo e tenha iniciativa

A palavra “proatividade” já se tornou um chavão no mercado de trabalho, mas não se engane: ela é muito mais que um clichê, é uma característica fundamental para o seu sucesso, independentemente da área de atuação.

Ser proativo é se antecipar às necessidades antes mesmo de ser solicitado, demonstrando comprometimento com o trabalho, e apresentar soluções sempre que comunica um problema.

É claro que a proatividade deve sempre estar acompanhada da responsabilidade, e algumas decisões precisam ter o aval da chefia para serem executadas — nestes casos, o proativo consulta o seu chefe em vez de ficar esperando que ele lhe dê a ordem. Esta é, sem dúvidas, uma das características que mais pesam na decisão por efetivar um estagiário.

5. Seja sociável e trabalhe em equipe

Por mais que sociabilidade não esteja na descrição do seu cargo, ou você trabalhe em uma área que lide pouco com pessoas, é fundamental que você se dê bem com todos aqueles envolvidos em sua rotina de trabalho, independentemente de serem seus superiores, colegas ou clientes. Se você for tímido, será preciso uma dose extra de força de vontade para conseguir superar este desafio, mas tenha persistência e força de vontade.

O estagiário que não interage socialmente com os demais funcionários ou se fecha em seu grupinho deixa de fazer networking e perde pontos na hora de ser efetivado, afinal, seu chefe não vai querer efetivar alguém que não se relaciona com a sua equipe de trabalho, certo? Só tenha cuidado para agir naturalmente e não parecer forçado — isso também não pega bem.

6. Faça perguntas e peça conselhos

Normalmente, os chefes gostam de estagiários que demonstrem interesse por aprender mais e que não tenham vergonha de fazer perguntas e de assumir que não sabem de algo, afinal, você está ali também para aprender! O estágio é um complemento da aprendizagem, portanto, demonstre interesse pelo que faz e procure sempre aperfeiçoar suas habilidades.

Um grande erro que você deve evitar é usar a sua falta de conhecimento para deixar de fazer determinada tarefa. Se você não sabe fazer algo, descubra como fazê-lo. Isso também é ser proativo e é muito bem visto pela sua empresa. Procure mentores dentro da organização, pessoas que gostem de transmitir conhecimento para torná-lo um profissional melhor.

7. Peça feedback e aprenda com eles

O feedback, como você já deve saber, é o retorno que o seu superior dá sobre o seu trabalho, a opinião dele sobre o seu desempenho, seus pontos positivos e o que deve ser melhorado. Algumas empresas adotam o feedback como política permanente, mas mesmo nestas companhias você tem a oportunidade de pedir a opinião sobre o seu chefe sobre tarefas desempenhadas, por exemplo, pela primeira vez, ou de forma diferente do usual.

Quando um estagiário pede feedback, ele demonstra que está disposto a ouvir críticas e a melhorar com elas, característica rara e muito valorizada nas empresas. Portanto, não tenha medo do que poderá ouvir e use os pontos negativos para, de fato, melhorar. Isso será muito valorizado em uma possível efetivação.

Estas são as nossas dicas para que você seja efetivado em seu estágio e construa uma carreira de sucesso. Perceba que, embora as dicas sejam voltadas para o estágio, elas podem e devem ser aplicadas em toda a sua carreira, e isso, com certeza, lhe trará excelentes resultados. Um bom profissional está sempre atento a estes pontos e disposto a melhorar. Queremos que você tenha muito sucesso em sua trajetória.

Agora, é a sua vez de falar: você tem alguma dica infalível para ser efetivado no estágio? Conta pra gente nos comentários.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *