Elimine 6 mitos sobre universidades particulares

“Universidade boa é universidade pública”: é muito comum, para estudantes que estão se preparando para o vestibular, ouvirem essa frase dos pais, dos amigos e até dos professores. E quem não consegue (ou não quer) ingressar em uma dessas instituições se sente incapaz ou acredita que não terá uma formação eficaz. Porém, isso não poderia estar mais longe da verdade.

Neste artigo, desvendamos os 6 maiores mitos sobre as universidades particulares e por que você deve esquecê-los. Confira!

“Qualquer um passa no vestibular”

Instituições privadas têm formas de ingresso completamente diferentes. Enquanto umas facilitam o seu processo seletivo, outras seguem parâmetros semelhantes aos das universidades públicas, com provas complexas e uma alta concorrência, o que exige preparação e competência dos seus futuros estudantes.

Se você acredita que para ingressar em uma universidade particular não é preciso de dedicação e muito estudo, é melhor ter cuidado, ou pode correr o risco de não encontrar o seu nome na lista de aprovação do próximo vestibular.

“O ensino privado não é de qualidade”

Outro mito alimentado no mundo acadêmico é o de que o ensino nas universidades particulares é pouco eficiente, principalmente pela falta de interesse e preparo dos professores. Diferentemente do que se pensa, porém, não é qualquer um que pode ser um docente universitário. Além de um diploma de nível superior, a maioria das universidades exige titulações e especializações, como mestrado e doutorado.

Além disso, os professores de universidades particulares não são concursados como os de universidades públicas. Por isso, precisam mostrar talento e ter boas avaliações dos estudantes para conseguirem manter os seus empregos. Isso garante uma educação e qualificação mais eficaz.

As universidades públicas também são as que mais têm índices de greve, principalmente por conta dos baixos salários. Somente em 2015, foram 5 meses de greve em mais de 30 instituições federais. Essa incerteza e pausas abruptas nas atividades certamente comprometem a qualidade de ensino e desempenho dos estudantes afetados por longos períodos sem aulas, além da sua própria formação e interesse em continuar no curso.

“Os professores nem lembrarão o seu nome”

É verdade que turmas muito grandes dificilmente permitem a criação de conexões e relacionamentos entre os estudantes e os docentes. Porém, ao contrário do que se pensa, as universidades particulares oferecem menos vagas por turma do que as públicas, o que permite que os professores tenham um contato mais direto e personalizado com os estudantes e faz com que eles não sejam só mais um rosto na multidão.

“O mercado vê as universidades particulares com maus olhos”

Você já deve ter escutado que as universidades particulares têm um peso negativo no currículo profissional. Esse é um dos mitos mais perigosos dessa lista, que pode afastar os estudantes de instituições privadas de buscar uma excelente oportunidade profissional apenas por medo da rejeição.

Aos olhos corporativos, o que realmente importa é se a sua faculdade é capaz de oferecer uma formação profissional de qualidade, seja ela pública ou particular. As empresas sabem que o grau de exigência dessas instituições é alto e para conseguir se formar os estudantes precisam dar o máximo de si.

Para descobrir se uma universidade é boa, é preciso conferir a sua avaliação no Ministério da Educação (MEC) e, mais especificamente, a pontuação do curso, pois muitas universidades, mesmo renomadas e conhecidas no mercado, têm uma pontuação baixíssima em determinadas graduações.

“É muito difícil conseguir um estágio profissionalizante”

Muitos estudantes acreditam que estudar em uma faculdade particular fará com que tenham oportunidades limitadas de ingressar no mercado de trabalho ou até mesmo de conseguir um estágio.

O que eles não sabem é que essas universidades oferecem uma excelente estrutura para quem deseja trabalhar na sua profissão, já mesmo no 2º semestre, por meio das Centrais de Estágio. Elas estreitam o contato entre estudantes e empresas parceiras e acompanham os estagiários durante o seu período de trabalho.

Outro fator positivo é a própria carga horária dos cursos de graduação. As universidades particulares oferecem aulas em apenas um turno, o que permite que os seus estudantes se dediquem ao aperfeiçoamento profissional quando não estão nas aulas e ainda tenham tempo para realizar outras atividades durante o dia.

Muitas universidades particulares, assim como as públicas, também são reconhecidas internacionalmente e têm muitas parcerias com empresas e instituições do exterior, o que permite que os seus estudantes realizem intercâmbios profissionais e enriqueçam o seu currículo.

“A universidade pública é melhor que a particular”

Quantas vezes você já ouviu que as universidades públicas são melhores que as universidades particulares? Além de mito, esse é um preconceito infundado contra instituições que se dedicam ao máximo para oferecer o melhor para seus estudantes e capacitá-los para um mercado de trabalho competitivo e exigente.

A maioria das universidades particulares oferece uma estrutura física melhor do que as públicas, que ainda sofrem com a falta de investimentos governamentais e federais. Além de prédios, bibliotecas e espaços maiores, o estudante de instituições privadas pode contar com laboratórios equipados, materiais e tecnologia de ponta, elementos essenciais para a sua formação acadêmica.

Outro fator que qualifica as universidades particulares é a organização. Além do menor risco de greves de docentes e funcionários, os estudantes podem encontrar uma comunicação organizacional mais eficiente, uma grade curricular bem segmentada e a garantia que terminará o curso no prazo estabelecido. Isso permite o seu ingresso mais rápido e qualificado no mercado de trabalho ou a realização de uma especialização que enriqueça o seu currículo.

Percebeu como o que dizem sobre as universidades particulares, muitas vezes, não passa de mitos? Independentemente do seu caráter privado ou público, o mais importante é que você encontre uma instituição que contribua para a sua cidadania e te dê competências para ser um excelente profissional.

Se você ainda está em dúvida sobre que área escolher não deixe de conferir o nosso e-book sobre por que estudar em universidade particular. Também não se esqueça que as inscrições para o vestibular da Unimonte estão abertas. Encontre o curso dos seus sonhos e garanta uma formação de qualidade!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *