Déa E. Berttran, Professora da São Judas – Campus Unimonte, lança livro sobre relações homoafetivas

Noite de autógrafos começa com debate sobre o tema na Realejo Livros

A professora adjunta do curso de Psicologia do Centro Universitário São Judas – Campus Unimonte, Déa E. Berttran, lança nesta sexta-feira (dia 22) o livro Amores Invisíveis – Casais longevos da diversidade (Cultura). O evento será na Realejo Livros (Av. Marechal Deodoro, 2, Gonzaga), a partir das 19h30, com autógrafos, debate e Choro de Bolso.

Derivada da tese de doutorado defendida pela professora em agosto de 2017, no Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), a obra é um mergulho nas relações de quatro casais homoafetivos, sendo dois casais de homens e dois de mulheres, mostrando com suas uniões duradouras as suas lutas numa sociedade repleta de preconceitos e desconhecimento.

Como diz a autora, “acredito firmemente que uma das maneiras de combater o medo é o conhecimento – e assim deixo claro que associo preconceito com ignorância. Daí este livro, para falar de pessoas comuns, que se descobrem diferentes de seus pares e familiares; que rompem barreiras sociais gigantescas para ir ao encontro do que buscam; que vivenciam amores com seus iguais”.

Mas há também em Amores Invisíveis amor, alegria e parceria. A obra tem 120 páginas e custa R$ 42,90. A partir das 19h30, haverá debate com a autora e os demais professores da São Judas – Campus Unimonte: Anderson Oliveira de Souza, Marcelo Ricardo Rosa e Simone Rodrigues Batista.